Licença creative commons

Licença Creative Commons
Projeto Traduções - Perry Rhodan de Delgado é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Loading...

domingo, 27 de novembro de 2011

Perry Rhodan EXTRA nº 13

Lançado na Alemanha o nº 13 de Perry Rhodan EXTRA, "Imortalidade Dividida" (GETEILTE UNSTERBLICHKEIT), de Michelle Stern.

Turbulência em Terrânia; um estranho passa-se por Perry Rhodan.
Rhodan recebeu da superinteligência AQUILO, o dom da imortalidade, através da ducha celular, e depois de um ativador celular em forma de ovo, regulado para as suas vibrações individuais, que ele levava em uma corrente em volta do pescoço. Mais tarde, AQUILO concedeu um chip ativador, implantado no ombro esquerdo, menos suscetível a ladrões, mas com as mesmas funções.
Com isso, Perry Rhodan e seus companheiros, que receberam o mesmo dom, levaram a humanidade às estrelas e galáxias estranhas, e como eram imunes ao envelhecimento e às doença, muitas gerações de terranos viveram e morreram nesse tempo.

Ninguém invejava os imortais, pelo fato de perderem amigos, familiares e amantes, e pelos inimigos que faziam.

Ninguém perdeu tanto como Perry Rhodan, com as responsabilidades, deveres e encargos que recebeu, juntamente com a imortalidade. Mas ninguèm esperava que acontecesse o impensável: nunca houve imortalidade dividida.

O volume vem com um DVD de referência, publicado na Perrypedia e de responsabilidade do PROC (Perry Rhodan Club Online). Custa 3,95 euros.

http://perry-rhodan.net/produkte/hefte/sonderpublikationen/prextra13.html

sábado, 26 de novembro de 2011

Perry Rhodan NEO nº 5

Lançado na Alemanha, o nº 5 da série Perry Rhodan NEO, "Escola de Mutantes" (Schule der Mutanten), de Michael Marcus Thurner, capa de Dirk Schulz.

Ano 2036: Perry Rhodan e Reginald Bull estão no deserto de Gobi, desde que a nave STARDUST pousou ali. São protegidos por uma cúpula energética, dos ataques do exército chinês.
Os sitiados parecem não ter nenhuma chance, mas Perry Rhodan planeja unir a humanidade e impedir a eclosão da iminente guerra mundial. Ele espera adquirir a técnica dos arcônidas, que encontraram na Lua. Mas o arcônida trazido para a Terra está gravemente doente, residindo na Etiópia.

Neste tempo, aparecem em todo o mundo pessoas com habilidades especiais, chamados mutantes. Alguns deles querem apoiar Perry Rhodan, outros juntam-se a um grupo diferente. Eles são treinados para um conflito mortal que não se pode ver...


http://perry-rhodan.net/produkte/hefte/neo/5.html

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Autores - W. W. Schols


Um autor que escreveu alguns dos primeiros episódios da série Perry Rhodan. Seu nome era Winfried Scholz; nasceu em em 31 de agosto de 1925, em Bielefeld, Alemanha, e morreu em 08 de maio de 1981 em Portugal.

Desde os anos 50 ele era um dos mais profícuos escritores de westerns, thrillers e ficção científica.
Em 1961 entrou para a equipe de escritores da recém criada série Perry Rhodan, a convite de K. H. Scheer. Por razões profissionais, ele só poderia escrever alguns romances da série.

Em 1962 aposentou-se como um escritor de ficção científica, saindo de cena sem deixar de manter contato completamente com a série, sempre mantendo contato com a equipe editorial da série e com os fãs.

Seu primeiro trabalho foi "Poeira Mortal"(Tödlicher Staub), de 1958, na série UTOPIA. Também escreveu para a série "Terra Astra".


Usou os pseudônimos: Bert F. Island, W. Brown, William Brown, Winston Brown, Munro R. Upton.

Para Perry Rhodan escreveu apenas quatro histórias:

6 - O Exército de Mutantes (Das Mutanten-Korps)

9 - Socorro para a Terra (Hilfe für die Erde)

23 - Chave Secreta X (Geheimschaltung X)

31 - O Imperador de Nova Iorque (Der Kaiser von New York)


Schols morreu repentinamente em 1981, aos 55 anos, quando passava férias em Portugal.

http://perry-rhodan.net/information/team/altautoren/shols.html

http://www.perrypedia.proc.org/wiki/W._W._Shols

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Perry Rhodan NEO, nº 4

Será lançado amanhã, na Alemanha, o nº 4 da nova série Perry Rhodan NEO. De autoria de Wim Vandemaan, é intitulada "Visões de Ellert"(Ellerts Visionen). Capa de Dirk Schulz.

O ano é 2036. Após pousar com a STARDUST no deserto de Gobi, Perry Rhodan e sua equipe são sitiados. Eles estão protegidos dos ataques por uma cúpula energética, construída com a tecnologia dos arcônidas.

Um dos alienígenas, o cientista Crest, está gravemente doente, e está vivendo na Etiópia, onde é bem tratado, e está distante dos grandes centros. Mas seus perseguidores estão na pista...

Muitas pessoas vão até o deserto de Gobi, no local de pouso da STARDUST, querendo ver Perry Rhodan, cujas utopias os emocionaram.
Entre essas pessoas está um jovem de Munique, que tem habilidades especiais. Seu nome é Ernst Ellert, e sua visão leva a um encontro dramático.

http://perry-rhodan.net/produkte/hefte/neo/4.html

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Aventura de Atlan na antiguidade da Terra

Complementando a matéria de 16 de setembro de 2009, "Romance Planetário com Tema Histórico", que narrava as aventuras do tempo de Atlan na antiguidade da Terra, como auxiliar de Alexandre, o Grande, este Romance Planetário de nº 245 conclui a história do malogrado plano de AQUILO de impulsionar o avanço da civilização da Terra, através da concessão de um ativador celular para Alexandre. Tudo isso na 23ª aventura no tempo de Atlan.

O título é "O Fim de um Governante"(Das Ende eines Herrschers), de Hans Kneifel, e é a continuação do romance planetário nº 242, "O Senhor das Cem Batalhas"(Herr der Hundert Schlachten).
Subtítulo: Um homem se esforça para dominar o mundo.
Lançamento na Alemanha: agosto de 1983.
Período da história: 327-323 a.C.
Local: Terra, Pérsia e Índia.

Personagens principais:
Toxarchos Atalantos: Atlan tenta influenciar Alexandre, para construir um império estável por meio dele.
Charis: companheira de muitas aventuras de Atlan, desta vez, o interesse de Alexandre por ela é sua ruína.
Kothelas: Líder de esquadrão do exército de Alexandre, um amigo de Knephalos de Nicéia. Quer a dissolução do antigo exército macedônio, para formar um novo exército.
Alexandre: Rei da Macedônia, que quer conquistar o Império Persa, e o resto do mundo.
Parmênion: Comandante de Alexandre, acusado de traição e morto.

Após o incêndio de Persépolis, Atlan e Charis, com os guerreiros de bronze, separam-se do exército do rei da Macedônia, Alexandre.
Enquanto isso, Atlan não pode perder Alexandre de vista, e usando a águia robótica - que circula o exército macedônio - ele segue os acontecimentos que envolvem o vingador e libertador dos povos gregos, que agora está se tornando um conquistador.

Alexandre está ciente das mudanças que ocorreram, e dissolveu seu exército original, permitindo que todos voltem para casa. Com os que permaneceram, formou um novo exército. Com isso, ele empreende a primeira marcha contra o rei persa, Dario.

Dario é traido por seus próprios sátrapas, e preso. Ele morre. A Nêmesis de Alexandre está morta e ele agora se volta para a conquista do resto da Pérsia.

Atlan e seus amigos visitam o assentamento de Hyrcania, onde o Ptah-Sokar havia se estabelecido com sua namorada Indraya.

Atlan forma um grupo de libertação para os sobreviventes. Alexandre pede que fique com ele, mas Atlan se recusa. Mais uma vez o caminho dos dois homens se separa.
Atlan e seus companheiros vão para o leste.

Atlan, com a ajuda de Charis e Chandragupta Maurya constroi uma aldeia perto da foz do rio Indus em uma cidade comercial, que mais tarde poderá usar como base. Ele traz o grupo com o VAJRA INDRA Pattala nas imediações da aldeia, onde Atlan encontra o príncipe. Ele também fica impressionado com o jovem, e começa com o planejamento da cidade.

Alexandre, no entanto, continua a perseguir o sátrapa Bessus e o auto-proclamado herdeiro aparente. Nas fileiras dos macedónios uma conspiração contra sua vida é revelada, e ele mata sem piedade todos os suspeitos. Sua caçada dificilmente terá interrupção. Finalmente, o sátrapa e ex-morador da estepe é capturado e entregue a Alexandre, que o tem como um vil traidor, e o condena à morte em agonia. Mas, mesmo após a morte de Bessus, a série de revoltas contra Alexandre não termina. Enquanto a cidade de Atlan cresce gradualmente, Alexandre lentamente reconhece que é mais fácil conquistar um reino, do que mantê-lo.

Atlan embarca para uma jornada para a Babilônia, onde Alexandre residia na época. Charis o acompanha, embora se sinta desconfortável na presença de Alexandre.
Na Babilônia, Alexandre pede a Atlan que lhe mostre o mundo como ele realmente é; Atlan hesita, mas concorda, e juntos revisam e corrigem os mapas gregos.

Charis suporta o quanto pode o assédio de Alexandre, que acaba por estuprá-la. Isso é mais do que Atlan pode suportar, e não pode continuar. Após alguns dias de embriaguêz e dor, ele destrói o ativador celular de Alexandre.

Poucos dias depois de seu dispositivo prolongador da vida se dissolver em um flash de luz, as consequências de seu estilo de vida desregrado se fazem sentir através de doenças, bem como os efeitos de lesões antigas. Ele está morrendo.

Atlan termina seu trabalho nas cartas geográficas e prepara sua partida, mas vai ver Alexandre pela última vez. O governante ainda espera que Atlan o ajude mais uma vez, mas o arcônida apenas lhe diz o motivo de sua morte próxima, e como o seu reino é ridiculamente pequeno, comparado com todo o mundo. Mas esse conhecimento não beneficia Alexandre. Ele morre alguns dias depois.

Atlan retorna à sua cúpula no fundo do oceano atlântico, a fim de entrar em sono profundo e esquecer sua dor.

http://delgado-projeto.blogspot.com/2009/09/romance-planetario-com-tema-historico.html

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Lançamento do nº 559, e episódio de Atlan de brinde

O Projeto Traduções está lançando o nº 559 da série Perry Rhodan, "As Ilhas da Insanidade"(Die Inseln des Wahnsinns), de Hans Kneifel, capa de Johnny Bruck.

Lançamento original na Alemanha: maio de 1972.
Personagens principais: Perry Rhodan, Fellmer Lloyd, Sandal Tolk, Icho Tolot, Tahonka-No, Merkosh, Chelifer Argas, Mentro Kosum, Y'Xanomrymer.
Subtítulo: Eles examinam o asilo dos ídolos doentes - uma aventura com Sandal Tolk, o vingador.

Como bônus aos participantes do Projeto, acompanha o episódio da série Atlan, "Fuga de Tarkihl" (Flucht aus dem Tarkihl), de Clark Darlton, capa de Johnny Bruck. A história é a sequência de "O Deserto da Aranha", já lançado pelo Projeto, e que narra as aventuras do adolescente Atlan.
Lançamento original na Alemanha: julho de 1973.
Personagens principais: Atlan, Fartuloon, Eiskralle, Armanck da Declanter, Farnathia da Declanter, Sofgart.
Subtítulo: Os captores enviados pelo Imperador - eles exigem a cabeça do Príncipe de Cristal.

Os participantes do Projeto Traduções receberão seus exemplares em formato DOC, PDF e ePub, com capa alternativa extra.

Para ver uma amostra dos episódios, copie e cole os links abaixo.

http://www.4shared.com/file/11FyyJyP/PR559_-_As_Ilhas_da_Insanidade.html

http://www.4shared.com/file/6kDrvnqi/PR-Atlan02_-_A_Fuga_de_Tarkihl.html