Licença creative commons

Licença Creative Commons
Projeto Traduções - Perry Rhodan de Delgado é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Loading...

sábado, 30 de julho de 2011

Perry Rhodan Extra nº 12

Lançada a mais recente edição de Perry Rhodan Extra, o nº 12, intitulado "Contagem Regressiva" (Countdown), de Alexander Huiskes.

Perigo para o Galaticum. Poderá Julian Tifflor impedir o caos? A Coluna Terminal TRAITOR parece ser a maior ameaça para toda a Via Láctea. Ela representa um poder militar a que ninguém pode opor nada, para impedir a destruição do planeta sem emoção. Mas acima de tudo representa as forças do caos e do perigo da Negasfera.
A coluna terminal retirou-se, após o surgimento de Negasfera tinha sido. Ela deixou uma galáxia despedaçada. Depois disso, tentou-se trazer uma galáxia inteira de volta ao equilíbrio. Planetas foram despovoados e destruídos. A economia estava doente. Tudo era diferente. Apenas alguns poucos seres e condições não foram alterados. Estes poucos eram a favor da superinteligência AQUILO. Eles trabalham na linha de frente, com toda a sua experiência a serviço da Via Láctea. Um deles era Julian Tifflor...

As ilustrações são de Dirk Schulz, e acompanha um CD de áudio com o romance "Labirinto da BASE" (Labyrinth der BASIS), de Hans Kneifel.

O livro tem 66 páginas e custa 3,80 euros.

http://www.perry-rhodan.net/produkte/hefte/sonderpublikationen/prextra12.html

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Aventuras de Atlan

O mais recente lançamento das aventuras do arcônida Atlan foi no último mês de abril, com o livro "O Legado dos Aconenses" (Das Erbe der Akonen), com capa de Arndt Drechsler.
Trata-se do volume nº 38 dessa coleção inspirada nos Volumes de Prata de Perry Rhodan, que compila alguns episódios editados em um só volume.

8 mil anos antes do início da cronologia terrana, Atlan de Gonozal, príncipe de cristal, herdeiro do vasto império de Árcon, teve seu trono roubado. Desde o assassinato de seu pai, seu tio governa, como Orbanaschol III, e tem o controle sobre milhares de sistemas solares.
Orbanaschol se sente mais ameaçado que nunca pelo legítimo herdeiro do trono, e quer eliminá-lo o quanto antes. Ele instrui Magnortöter Klinsanthor - uma criatura perigosa, da qual só se sabem lendas antigas e mitos.
Atlan e seus amigos ainda se encontram sob o feitiço do enigmático alienígena chamado Ácon-Ácon. O rapaz agora conhece a história de seu passado.
A fim de cumprir seu destino como um dos "seres vigilantes", Ácon-Ácon procura pelo Legado dos Aconenses...

Esse é o 7º volume do ciclo "Os Aconenses". Nele se encontram os seguintes episódios da série Atlan:


239 - Duelo dos Agentes (Duell der Agenten), de H. G. Francis
244 - O Guardião de Foppon (Der Wächter von Foppon), de Hans Kneifel
245 - Mutantes no Inferno de Saruhl (Mutantenhölle Saruhl), de Peter Terrid
246 - Planeta dos Cavadores (Planet der Gräber), de Clark Darlton
249 - Estação das Plantas Assassinas (Station der Killerpflanzen), de Maryanne Sydow

O próximo lançamento, o nº 39, intitulado "Caçada no Sistema Azul" (Hetzjagd im Blauen System) será lançado em outubro de 2011.

http://perry-rhodan.net/produkte/buecher/atlan/38.html

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Ativadores celulares

Os que acompanham a série Perry Rhodan sabem que as histórias do desenvolvimento da humanidade seguem por séculos e milênios afora, tendo começado no ano de 1971 e hoje na Alemanha a ação se transcorre no ano 5056.
Com isso os personagens principais, que são mantidos desde o início da narrativa, já passam dos 3 mil anos de idade. Os que não tem maior intimidade com a série podem se perguntar de que modo esses personagens continuam vivos após todo esse tempo...?

Já no primeiro ciclo, um dos temas principais da série era a busca pelo planeta da "vida eterna". Perry Rhodan e seus companheiros se propõem a solucionar o complexo enigma galático - uma série de provas de astúcia e inteligência - com pistas deixadas há milênios pela raça de imortais.
Após a solução do problema, Rhodan e alguns colaboradores escolhidos por ele, recebem a "ducha celular", um incompreensível a avançadíssimo tratamento que paralisa o envelhecimento e degeneração das células do corpo por 62 anos, sendo que no decorrer deste tempo a pessoa que se submeteu à ducha não envelhece mais.

Após alguns séculos recebendo essa ducha, o ser espiritual AQUILO - a superinteligência responsável pela área onde se situa a Via Láctea - retira a concessão da ducha celular, mas em compensação espalha 25 "ativadores de células" na galáxia, que serão propriedade de quem os encontrar.

O ativador celular era um aparelho oval que preso a uma corrente, se pendurava ao pescoço a fim de leva-lo junto ao peito. As vibrações pentadimensionais do aparelho produziam uma constante regeneração da células do corpo, impedindo seu envelhecimento e morte, proporcionando assim, uma imortalidade relativa ao seu portador; relativa porquê a pessoa poderia morrer por qualquer ação externa violenta, como qualquer outra pessoa. Em um acidente, um tiro ou qualquer ferimento em órgão vital. Também não poderia se separar do aparelho por muito tempo, por dois motivos; primeiro porque se o portador tem o aparelho há muito tempo, se é separado dele, após 62 horas começa a degeneração física, com a pessoa envelhecendo rapidamente até chegar à sua verdadeira idade orgânica, morrendo por decrepitude. Em segundo lugar, mesmo que a pessoa só esteja usando o aparelho por alguns dias - 8 dias segundo algumas histórias - não pode mais se separar dele, pois o organismo se "viciou" a ele, e em caso de retirada ocorre a morte. Devido à permanente renovação dos códigos de genes das células do corpo, ele perde a capacidade de renovar o seu código genético de forma independente. Dentro do período de oito dias ainda é possível se separar do aparelho sem a morte do usuário. Após este período de aclimatação, entre 60 a 62 horas depois de deixar de usar o dispositivo, ocorre a decadência celular explosiva, independentemente se o portador já ultrapassou sua vida útil natural ou não.
(Esse ponto é controverso, pois existem histórias em que a pessoa usou o ativador por vários dias e se desfez dele, não morrendo por isso).

Até então apenas Atlan possuia um ativador celular - Perry Rhodan também havia recebido um ativador regulado para suas vibrações, que havia sido pedido a AQUILO por seu filho Thomas Cardiff, fazendo-se passar por seu pai -, mas Rhodan com seus recursos, conseguiu encontrar a maioria dos ativadores espalhados na galáxia por AQUILO. No entando apenas os aparelhos de Rhodan e Atlan eram regulados para suas vibrações individuais, só podendo ser usados por eles, causando a morte em outra pessoa que os utilizassem. O restante dos ativadores eram diferentes nesse ponto, podendo ser usado por qualquer pessoa, mesmo que já tivesse sido usado por outra antes; eles se adaptavam automaticamente às vibraçõs individuais do portador.

O ativador celular, além de deter o processo de envelhecimento, também tinha outras vantagens para seus usuários; eles não precisavam dormir, ou ao menos essa necessidade era reduzida a um mínimo, tinham mais energia e eram imunes a certos venenos; também se recuperavam mais rapidamente de ferimentos.

O ativador celular deve ser levado constantemente junto ao corpo, mas é suficiente colocá-lo a cada 4 ou 5 horas por cerca de dez minutos para que os efeitos não se interrompam.

TIPOS DE ATIVADORES CELULARES
Ativadores celulares dos Cosmocratas - individuais, cedidos a Rhodan e Atlan.
Ativadores celulares distribuidos por AQUILO aos terranos; Ele também cedeu ativadores temporários, como o que concedeu a Alexandre, o grande.
Os ativadores de células dos Senhores da Galáxia, que eram diferentes, cilindricos, feitos de uma liga do metal Altritol e implantados no corpo, ligados ao coração. Se retirado o portador morria imediatamente.
Os ativadores lemurenses recebidos por Levian Paronn, de um desconhecido, há mais de 50 mil anos.

Em 1162 NCG, no ciclo dos Linguides, os ativadores de formato oval são substituidos pelos chips ativadores de células (CAC), um microchip com dois centimetros quadrados, implantado no ombro esquerdo do portador.

Em 13 de novembro de 1346 NCG, Lotho Keraete, o mensageiro de AQUILO, anuncia o início do segundo enigma galático. AQUILO escondeu dois chips ativadores celulares no sistema Stardust, como um presente à humanidade que se estabeleceu naquele distante sistema.

http://www.perrypedia.proc.org/wiki/Zellaktivator

quarta-feira, 6 de julho de 2011

Nova edição dos Romances Planetários

Mais um volume das novas edições dos Romances Planetários de Perry Rhodan será lançado este mês, mais precisamente no dia 22 de julho.
Originalmente esse romance planetário foi lançado em novembro de 1993, com capa de Alfred Kelsner. O autor da história é Robert Feldhoff, e a edição atual tem capa de Dirk Schulz.
Título: "Terra em Transe" (Terra in Trance)
Subtítulo: O Deus do Simusense - um homem lutando contra o governante dos sonhos.
Período da história: 570 - 590 NCG (Novo Calendário Galático).

A história se passa no século V da nova era galática, período do 21º ciclo, "Os Cantaros". Tem muito a ver com questões atuais, como jogos de computador e mundos virtuais.

Para controlar a galáxia, os "senhores das ruas" suprimem qualquer liberdade. Na Terra, as pessoas vivem de modo miserável; sonham com um passado glorioso e a esperança em um Salvador, que deveria vir das estrelas. A fuga da realidade é oferecida através da rede Simusense, um tipo de internet em que o povo faz o login com sua consciência. Mas para aqueles que entram em Simusense não há mais volta. É a história de um jovem que é praticamente um andarilho entre dois mundos - o mundo real, dos escombros e destruição, e o da promessa da salvação, no mundo Simusense. Os adultos vivem em tubos de vida fornecidos por robôs, e tem implantados chips de memória; as crianças devem lutar pela sobrevivência.
Estes temas foram abordados posteriormente em filmes como Matrix e Inception.

O livro de bolso foi atualizado e modernizado por Rainer Nagel; tem 160 páginas e custa € 3,90 na Alemanha, € 4,50 na Áustria, e na Suíça, 7,60 francos.

http://www.perry-rhodan.net/aktuell/news/2011070601.html

sexta-feira, 1 de julho de 2011

Projeto Traduções lança o nº 555

Lançado nesse dia 1 de julho, o nº 555 da série Perry Rhodan, "Além da Parede de Energia" (Jenseits der Energiemauer), de H. G. Ewers; capa de Johnny Bruck.
Subtítulo: Humanos e cynos se unem - eles procuram a estação solar.
Lançamento na Alemanha: abril de 1972.
Personagens principais: Perry Rhodan, Dalaimoc Rorvic, Tatcher a Hainu, Alexander Fröhlich, Arman Signo, Kukuruzku.

A história narra a missão do Comando CYD, liderado por Dalaimoc Rorvic, acompanhado por seu inseparável parceiro Tatcher a Hainu. Eles se aliam aos misteriosos cynos - cuja verdadeira aparência é desconhecida - que também se sentem ameaçados pelo Enxame. A surpresa está em um acompanhante dos cynos, que apesar de estar com eles, não pertence à mesma raça.

O exemplar está sendo enviado aos participantes do Projeto.

Para ler amostra do episódio, copie e cole o link abaixo.

http://www.4shared.com/file/HBVeuPol/PR_-_555_-_Alm_da_Parede_de_En.html