Licença creative commons

Licença Creative Commons
Projeto Traduções - Perry Rhodan de Delgado é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Loading...

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Análise dos ciclos - 4º ciclo - O Segundo Império - Níveis de ação


A classificação é subjetiva, não sendo oficial.

Generalizando, o ciclo pode ser dividido em duas partes. Os episódios 150 a 178 narram a luta do Império Unido contra os então desconhecidos Blues. Os episódios 179 a 199 contam o sequestro de Perry Rhodan e alguns de seus companheiros, por Iratio Hondro, o presidente de Plofos.

Luta contra os blues
Em grande parte o enredo é construído de forma linear. Apenas a ação de Tyll Leyden e o perigo representado pelo Suprahet, foge ao esquema.

Retrospectiva e a caça aos ativadores celulares
Entre o ciclo dos Posbis e este ciclo, há um salto de 212 anos, quando se inicia o volume 150. Além disso, se trata da caça aos ativadores celulares que AQUILO, fugindo de um perigo desconhecido, espalhara pela Via Láctea. Esta parte termina com a destruição do ativador celular de Anne Sloane por Lemy Danger.
Episódios 150, 151, 153, 154, 155, 156.

Oldtimers e Suprahet
Tyll Leyden descobre o legado dos Antigos, e o perigo do Suprahet.
Episódios 152, 164.

Vermes do pavor e gafanhotos córneos
Após a ativação do dispositivo Gravestog surgem os gafanhotos córneos e os vermes do pavor, seguido pelo primeiro encontro com os blues.
Episódios 157 a 163.

O confronto com os blues
O embate com o inimigo desconhecido, e suas naves invulneráveis, devido a cobertura com a misteriosa substância, que depois se descobriu ser o molkex.
Episódios 165 a 178.

Plofos
Existem dois níveis de ação paralelos: em primeiro lugar, as tentativas de Perry Rhodan e de seus companheiros, de escapar das garras de Iratio Hondro. Em segundo, após a fuga, ficam perdidos, e as tentativas de voltarem à Terra, ou serem localizados por uma nave terrana. Isto converge para o volume 191, e culmina com a vitória sobre Hondro.

Nível Rhodan
Episódios 179 a 183 e 185 a 188.

Nível "a procura"
Episódios 184, 189, 190, 191.

Luta contra Hondro
Episódios 192 a 199.

http://www.perrypedia.proc.org/wiki/Das_Zweite_Imperium_(Handlungsebenen)

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Personagens - Alaska Saedelaere


Atenção: a matéria a seguir contém informações sobre a trama futura da série, conhecido como "spoilers". Aqueles que não desejam saber dessas informações, devem optar por não lê-la.

Alaska Saedelaere é considerado um dos personagens mais complexos da série Perry Rhodan. Criado por William Voltz, rapidamente tornou-se o personagem preferido do autor, que o colocava como protagonista de muitas de suas histórias. O personagem apareceu pela primeira vez no 7º ciclo, "Os Cappins", no episódio nº 404, "A Dama Pirata" (Die Piraten-Lady), de autoria de Voltz,

Alaska nasceu em 3400, à meia-noite, entre os dias 2 e 3 de dezembro. Tinha um sentido de eventos cósmicos. Viu coisas no universo, e visitou lugares do universo, que nenhum outro homem - inclusive Perry Rhodan - haviam visto, por isso o chamavam de homem cósmico. O anão androide Eroin Blitzer o chamava de Alraska.

É extremamente magro, com 2 metros, e 78 kg. Depois de um acidente com uns transmissor de matéria, foi obrigado a usar constantemente uma máscara, pois qualquer ser humano que o visse, enlouquecia e morria. Isso foi devido a uma colisão com um cappin, ocorrida no hiperespaço, e que resultou em um fragmento do cappin inserido em seu rosto, e que originava um brilho deslumbrante.
Ele ficou um longo tempo com esse fragmento cappin em seu rosto, até que conseguiu se livrar dele. No entanto, nos primeiros anos após a "perda" do fragmento, seu rosto era como que coberto por uma cera branca. O nariz pequeno parecia colado, os lábios grossos; a única coisa que parecia viva eram os olhos castanhos; nessa época ganhou o apelido de o "morto pálido".

Samburi Yura, uma comissária dos cosmocratas, forçou novamente o fragmento cappin em Alaska; assim, ele voltou a ser um portador de máscara, afim de proteger os outros de sua irradiação mortal.

Ele tinha um modo característico de fala, como se as frases fossem arrancadas, e era muito solitário e reservado. Seu acidente teve sérias consequências psicológicas sobre ele, de modo que entre 3430 e 3556, realizou várias tentativas de suicídio.

O pai de Alaska, Treshan, era um agente da Segurança Solar. Sua vida com a esposa, Felissia e o filho serviam apenas como camuflagem. Possivelmente o caráter independente de Alaska foi influenciado por esta infância.

Alaska trabalhava como um sisples e discreto técnico, quando em 3428, a conexão do transmissor do planeta Bontong - ocasionalmente também chamado de Bonton - para o planeta Peruwall não ocorreu em tempo zero, mas demorou quatro horas; provavelmente durante este tempo, ele esteve em uma fonte de tempo, e quando saiu do transmissor estava com o fragmento cappin, que vitimou todos os que olharam para ele. A partir daí ele foi obrigado a usar uma máscara plástica, com fendas para os olhos e a boca. Todas as máscaras feitas de material orgânico ou outras substâncias foram repelidas pelo fragmento, de modo que Alaska teve de conviver com uma máscara altamente visível, o que prejudicou muito sua vida social.

Após seu acidente, Alaska foi nomeado por Galbraith Deighton, para a Segurança Solar, apesar de sua relutância. O ex-técnico da empresa Equipamentos e Positrônicas Interestelares revelou-se o melhor lógico do Império Solar.

No fim da crise do Enxame, recebeu o Traje da Destruição do cyno Schmitt (Imago I), a fim de entregá-lo ao seu legítimo proprietário, o que ocorreu em 3581, quando Alaska o entregou para o marionetista Callibso (Ganerc).

Depois da luta com os lares, acompanhou a Terra para o Turbilhão Estelar, e quando a afília irrompeu, foi banido, juntamente com Perry Rhodan, a bordo da SOL.

Em 3531 recebeu um ativador de células.

Em 3581 Alaska retornou à Terra, que estava despovoada, exceto por algumas poucas pessoas, e formou a Patrulha da Terra.

Em 3587, com Ganerc (Callibso), foi para Derowanien em sua célula de luz, para obter as 5 chaves do olho de Laire. Ganerc destruiu o Traje da Destruição.

Em 3819, Alaska se materializou, em uma forma semimaterial, a bordo da REE-Z, que estava viajando para a galáxia Manan-Turu. Antes de desaparecer novamente, ouviu a frase dita por Goman-Largo e Neithadl-Off: "Maldição, é um loop temporal. Pobre Alaska". (Atlan 747).

Alaska foi um dos palestrantes da Liga Hanseática Cósmica. No ano 425 NCG uma fonte do tempo se abriu na cordilheira dos Andes, e Alaska foi transportado 1200 anos no passado na Terra, onde com as hordas de Garbesch, lutou contra as sondas de Armadan de Harpoon, em nome de Seth-Apophis.

No ano 426 NCG, durante a passagem da Frota Galáctica pelo Rubi de Gelo, perdeu o seu fragmento cappin, mas sofreu com a ideia de que ele poderia novamente residir dentro do seu corpo, o que mais tarde se provou correto. Por causa da longa permanência do fragmento cappin em seu rosto, este se deformou, e foi aí que passou a ser chamado de "morto pálido". (PR 1108).

Dentro do Lolandree, voltou a encontrar a querionin Kytoma, em 427 NCG, através de um pedocontato. Encontrou a cidade dos querionenses, e transportou=se para um mundo paralelo, onde viveu por séculos com Kytoma. (PR 1189, RP 300).

Em 1169 NCG, após o fim da confusão mental de AQUILO, recebeu um chip ativador celular.

Em 1202 NCG participou da expedição Coma ao Grande Vazio.

Após a destruição de THOREGON por Hismoon e Cairol, após alguma hesitação, Alaska seguiu Cairol, em 28 de maio de 1312 NCG. (PR 2199).

De 1350 NCG até 1353 NCG, foi representante especial da LTL. Em 1355 NCG Alaska desapareceu, e só voltou em 1450 NCG. Ele não disse onde tinha estado ou o que tinha experimentado. (PR 2522).

Em 17 de janeiro de 1470 NCG, sob pressão exercida de vários lados, Alaska entrega voluntariamente seu chip ativador celular para Samburi Yura, portanto em 62 horas, em 20 de janeiro de 1470 NCG, deverá se desfazer em pó. (PR 2698).


http://www.perrypedia.proc.org/wiki/Alaska_Saedelaere

O acordo que ele fez, foi de substituir Samburi Yura, como comandante da nave dos cosmocratas LUMINOSIDADE, e entregou o ativador para ela. Enquanto Alaska permanecer no interior da nave dos cosmocratas, ele continuará vivo. Ele não pode sair de lá, nunca mais, ou morrerá.

Alaska ficará afastado da série, não se sabendo quando ou se voltará. E essa foi a forma de afastarem o personagem, sem matá-lo, deixando aberta a possibilidade de um retorno. (informações de César Augusto Maciel)



terça-feira, 23 de setembro de 2014

Lançamento da semana


Na próxima sexta-feira será lançado o nº 2771 da série Perry Rhodan, "Peregrinos da Justiça", (Pilger der Gerechtigkeit), de Wim Vandemaan, capa de Dirk Schuzl, ilustração de Dirk Schulz e Horst Gotta.
Subtítulo: Esforço no Centro Federal de Allema - o Serviço da Liga planeja um golpe sem precedendes.
Personagens principais:
Attilar Leccore - O diretor da SLT confia em uma inserção.
Bonnie Gonsterbloon - O campeão na escolha dos nômades faz uma oferta.
Findar Hospallen - O avaliador do banco Fracowitz se enreda em eventos galácticos.
Keshkord Vaylender - O mensageiro dos tefrodenses tem de dizer que nem tudo correrá como planejado.
Boyton Holtorrec - O comandante de um cluster onryonense depende de compreensão.

Desde que a humanidade está dividida no espaço, tem uma história atribulada: os terranos - como os membros da humanidade unida se chamam - há muito que já se aventuraram em ilhas estelares distantes. Perry Rhodan e seus companheiros sempre se encontram com civilizações de viajantes do espaço e na pista dos poderes cósmicos, que influenciam o que acontece no universo.

Agora se registra o ano 1517 do Novo Calendário Galáctico (NCG). A Via Láctea está em grande parte, sob a influência do Tribunal Atópico. Os juízes afirmam que só eles podem deter a conflagração universal, que de outra forma, inevitavelmente destruiria a galáxia.
Enquanto Perry Rhodan e os tripulantes da nave remota RAS TSCHUBAI tentam reunir informações importantes sobre os atópicos, ma distante galáxia Larhatoon, na Via Láctea a luta está em uma nova fase. De um lado se prepara a resistência, de outro, os defensores dos atópicos estão ficando mais fortes.

O Tribunal planta em vários mundos, as chamadas Estelas de Ordic, que devem agir como um Juiz de Direito. Os primeiros que se atrevem a expor seus casos, são os PEREGRINOS DA JUSTIÇA...

http://perry-rhodan.net/band-2771-pilger-der-gerechtigkeit.html

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Personagens - Reginald Bull




                                                              Observação
Algumas informações constantes na matéria fazem referência à trama futura, tanto da série Perry Rhodan, como de Perry Rhodan NEO - conhecidos como "spoilers". Portanto, o leitor tem a opção de não lê-la.


Um dos principais personagens da série, Reginald Bull nasceu em 14 de maio de 1938, em Queens, New York. Filho de Eleonore Belle Bull; seu pai morreu em junho de 1944, como um soldado, durante a invasão da praia Omaha, na Normandia. Havia o seu túmulo, que Bull nunca visitou. (Crônicas Cósmicas nº 1; PR 2687).

Sobre sua família, Reginald Bull relatou: "Meus antepassados vieram da Alemanha, e meu tio caiu em Stalingrado. E um ano depois, na França, o meu pai foi abatido." (PR 354).

Bul tinha uma irmã chamada Madison, que ele chamava de Madi. Outros parentes são sua tia Amalie; Archibald Bull, e Michael Slovan Bull. Quando criança, gostava de brincar de captura de sombra, como Peter Pan.

 Tem um temperamento colérico e irascível, mas sabe ser frio quando a circunstância assim exige. É chamado de "Bully" por seus amigos (valentão, em inglês); por Gucky e Rhodan, às vezes é chamado de "Gorducho". Sua constituição física é forte e robusta, com 1,68m e 76kg, muito flexível e resistente. Tem cabelos ruivos, cortados curtos, olhos azuis claros, e rosto com sardas. Na bochecha esquerda tem uma cicatriz mal curada, e outra cicatriz na testa, da sobrancelha esquerda, até a linha dos cabelos.

Citação: "Ele era um piloto de risco", disse Perry. "Um piloto de risco muito avesso ao risco, e ele converteu o seu segundo protótipo, que era muito, muito caro, em um monte de sucata, quando ele foi atingido, porque o assento ejetável não funcionou devidamente." (Odisseia nº 4).

Como resultado de uma infame aposta com Gucky, temporariamente ele usou um bigode, no ano 3587. Por isso, na BASE, havia a expressão "pelas barbas do profeta", que brevemente se tornou um dito. (PR 955).

Bull foi um dos homens da primeira missão tripulada à Lua, e graças a um ativador celular, continua vivo no século 14 NCG, sendo o terceiro terrano mais velho, Atrás de Homer G. Adams e Perry Rhodan. Ele é o único personagem, além de Perry Rhodan, que se mantém na série até hoje, desde o primeiro episódio. Único ocupante do posto de Marechal de Estado.

Nascido sob o signo de touro, é caracterizado como temperamental, com capacidade de organização, rapidez e amigo leal. Quando criança, ficava perdido em pensamentos, sonhando com outros mundos, e tinha uma amizade silenciosa com sua namorada de escola, Tess. (Crônicas Cósmicas nº 1).

Citação: "Por um momento ele desejou deslizar a mão na pele da menina ruiva, e há muito tempo tinha fechado os olhos para conjurar todos os males do mundo. Esta lembrança estava indelevelmente gravada em sua memória. Enquanto ele desesperadamente mantinha as pálbebras fechadas, tudo de ruim foi apagado, e depois não era mais tão ruim. Como o cinco em matemática - pois ele tinha passado muito mais tempo com sua amiga Tess, e lendo revistas de ficção científica, do que estudando." (PR 2029)

Em sua juventude era muito indisciplinado. É uma pessoa sociável, apreciador de bebidas e belos representantes do sexo feminino, e em geral bastante tolerante. No entanto, Bull tem uma intensa aversão à autoridade e barba e cabelos compridos.

De acordo com rumores, ele visita inúmeros bares de astronautas, e experimenta todas as especialidades culinárias dos povos da Via Láctea. Ele gosta especialmente de morangos.  (Jubiläumsband 4, Story 2). Era apelidado de "Sardento" por seus colegas da Força Espacial dos E.U.

Após sua graduação, Bul entrou para a Força Aérea dos E. U., e teve a formação básica na Escola de Cadetes. Durante seu período de serviço como oficial da Inteligência, Bull fez um nome para si mesmo várias vezes, por seu pouco apreço pela disciplina. Entre outras coisas, um de seus superiores, chamado Ekkel, foi um espinho no seu olho. Só escapou de um rebaixamento de primeiro-tenente para segundo-tenente, porque o general Lesly Pounder, assumiu a recém-formada Força Espacial.

Com 27 anos foi enviado à Academia Espacial, pelo general Pounder. Lá, onde assumiu a função de piloto de risco, Bul reuniu-se com Perry Rhodam, Eric Manoli e Clark G. Flipper, e Rhodan era seu amigo mais antigo e mais próximo. A concepção de disciplina de Bull não mudou nada na Força Espacial. No entanto ele foi promovido a capitão. O piloto de risco, engenheiro eletrônico e mestre em engenharia de motores a jato atômicos, também foi o único participante do programa lunar a não perder a consciência na centrífuga.

Antes de seu treinamento para o pouso na Lua, estava envolvido romanticamente com uma certa Miria. Seu sonho de uma vida juntos, após o pouso na Lua não se realizou. Já durante o treinamento houve tensão entre os dois; durante os seis  meses a viu apenas uma vez. Outra mulher, chamada Denise, era muito fatigante para Bull. (Crônicas Cósmicas 1).

Antes de su voo histórico para a Lua, ele depositou 5 mil dólares em um banco, com uma boa taxa de juros. O dinheiro deveria servir como apoio para sua mãe, se ele tivesse um acidente no decorrer da missão lunar. Bull nunca tocou na conta; em junho de 2516 verificou o saldo - após a conversão para a moeda solar, tendo uma taxa média de juros de 3%, e com o efeito cumulativo, tinha cerca de 1.652.500.000 solares.

Quando a Terceira Potência ocupou o território da Federação Asiática, Reginald Bull, como ministro da segurança, conduziu as negociações para as indenizações. Nessas duras negociações ele conseguiu que o preço fosse reduzido de 10 bilhões de dólares pela área, com um raio 50 km - 60 dólares por metro quadrado - para sete bilhões de dólares, a serem pagos em parcelas mensais de 500 milhões de dólares.

Alguns dados da vida do personagem:

Antes de 1971 - Oficial do serviço de inteligência dos E.U. Por instigação de Lesly Pounder transferido para a Força Espacial. Promovido a capitão.

1971 - Pouso na Lua, com o major Perry Rhodan. Após a fundação da Terceira Potência, ministro da segurança.

1976 - Primeira ducha celular, com 37 anos.

2115 a 2329 - Administrador adjunto do Império Unido.

2139 a 3460 - Chefe da Frota Exploradora.

3540 a 3580 - A "Luz da Razão". Primeiro-Ministro da Terra afílica.

3588 (1 NCG) a 448 NCG - Porta-voa da Liga Hanseática Cósmica.

1291 NCG a 1463 NCG - Ministro residente da Liga de Defesa.

A partir de 1463 - Residente Terrano.

A importância de Reginald Bull na série não pode ser ignorada. Inicialmente concebido como amigo e companheiro de Rhodan, ele cresceu como um segundo líder da humanidade, que está menos no centro das atenções do que Rhodan, mas que é simplesmente insubstituível. De sua futura esposa, Fran Imith, Bull era chamado em tom meio que de brincadeira de "comutador aborrecido instantâneo" - em analogia ao título de Perry Rhodan.

Na série Perry Rhodan NEO ele nasceu no ano 2000. Apesar de suas características físicas e de personalidade terem sido preservadas, se dá mais ênfase às suas capacidades técnicas e talento como piloto.

Frequentou a Columbus High, e foi o pior jogador de beisebol, conforme suas próprias palavras. (PR NEO 17).

Em torno do ano 2027 se formou na Escolas de pilotos de teste da Força Aérea, na base da Força Aérea de Edwards, em Lancaster, Califórnia. Apesar de sua relutância, juntou-se aos militares, com o único objetivo de ir para a NASA, e ser astronauta.

Em fevereiro de 2027, conheceu Perry Rhodan, em um bar de esportes. Bull acabara de saber que sua irmã, Madison Bull tinha morrido de um acidente vascular cerebral, causado por uso de drogas, e queria afogar suas mágoas no álcool. Ele entrou em uma briga, que se generalizou. Rhodan o ajudou a fugir do local, antes que a polícia chegasse.

Em janeiro de 2029, ele foi convidado, juntamente com Rhodan, a ser um dos quarenta candidatos à Nevada Fields.

Nos anos de 2030, trabalhou como piloto de testes para a NASA, e completou 24 missões espaciais bem sucedidas, e um voo cincunlunar.

A partida da STARDUST foi marcada pada o dia 19 de junho de 2036, e Bull atuou como co-piloto e administrador dos sistemas,

Na destruição da STARDUST, em 4 de julho, feriu-se na face, um ferimento que corria em diagonal da sobrancelha esquerda para a testa.

http://www.perrypedia.proc.org/wiki/Reginald_Bull

http://www.perrypedia.proc.org/wiki/Reginald_Bull_(PR_Neo)

Um artigo sobre o personagem, reproduzindo na íntegra, como está na Perrypedia, nas em português, pode ser encontrado no site do Projeto Traduções, no link abaixo.

http://www.projtrad.org/index.php?option=com_content&view=article&id=104:reginald-bull&catid=66&Itemid=694

domingo, 21 de setembro de 2014

Perry Rhodan NEO nº 79


Dia 26, será lançado o volume 79 da série Perry Rhodan NEO, "Pista do Boneco" (Spur der Puppen), de Christan Montillon, capa de Dirk Schulz.

Na Terra, dezembro do ano 2037 já começou. Com um ataque global da resistência terrena, a Operação Greyout, as redes de dados globais foram abaladas - mas isso não afeta as regras dos arcônidas. Afinal, a exclusão de bilhões de registros pessoais, quebra o monitoramento contínuo dos novos mestres; o que abre outras possibilidades.

Perry Rhodan se aproveita disso. Ele se atribui a tarefa de rastrear um misterioso boneco. Callibso, o senhor de Derogwanien, uma vez que ele veio à Terra para evitar que Rhodan fizesse o primeiro contato com os arcônidas.

É uma busca que leva Rhodan profundamente ao seu passado. Ele deve perceber que já na sua juventude, estava na mira dos poderes cósmicos...

http://perry-rhodan.net/neo-79-spur-der-puppen.html

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Lançamento da semana


Amanhã será lançado o nº 2770 da série Perry Rhodan, "Os Parapaladinos" (Die Para-Paladine), de Christian Montillon, capa de Dirk Schulz, ilustração de Dirk Schulz e Hosrt Gotta.
Subtítulo: Eles são a arma secreta do novo Tamanium - os mutantes de Apashem.
Personagens principais:
Vetris-Molaud - O Maghan viaja e chega.
Shanu Starcuut - O professor mutante ensina e motiva.
Guy Granduciel - O compositor virtual cozinha e espiona.
Assan Assoul - O aluno estelar demonstra reconhecimento.

Desde que a humanidade está dividida no espaço, tem uma história atribulada: os terranos - como os membros da humanidade unida se chamam - há muito que já se aventuraram em ilhas estelares distantes. Perry Rhodan e seus companheiros sempre se encontram com civilizações de viajantes do espaço e na pista dos poderes cósmicos, que influenciam o que acontece no universo.

Agora se registra o ano 1517 do Novo Calendário Galáctico (NCG). A Via Láctea está em grande parte, sob a influência do Tribunal Atópico. Os juízes afirmam que só eles podem deter a conflagração universal, que de outra forma, inevitavelmente destruiria a galáxia.

Enquanto Perry Rhodan e os tripulantes da nave remota RAS TSCHUBAI tentam reunir informações importantes sobre os atópicos na distante galáxia Larhatoon, na Via Láctea a luta entra em uma nova fase. De um lado se prepara a resistência, de outro, os defensores dos atópicos estão ficando mais fortes.

O aliado mais proeminente do Tribunal é Vetris-Molaud, governante dos tefrodenses e autoproclamado sucessor dos Senhores da Galáxia. A seu serviço estão OS PARAPALADINOS...

http://perry-rhodan.net/band-2770-die-para-paladine.html

terça-feira, 16 de setembro de 2014

Pré-lançamentos do Projeto Traduções


O Projeto Traduções fez o pré-lançamento de seis livros, neste mês; referente à cota 60:
21º ciclo, "Os Cantaros" (Die Cantaro)
Perry Rhodan nº 1412, "O Pirata de Magalhães" (Der Pirat von Magellan), de Marianne Sydow, capa de Johnny Bruck.
Subtítulo: Relatório do passado - um velho conhecido aparece.
Personagens principais: Perry Rhodan, Tetran Khan, Nadur Khan, Guben Tai, Capitão Ahab.
Lançamento original na Alemanha: 13 de setembro de 1988.
Com desenho técnico da nave de pesquisa DISCOVERER.

Perry Rhodan nº 1413, "Enclave na Barreira de Cronopulsos" (Enklave Chronopuls-Wall), de H. G. Francis, capa de Johnny Bruck.
Subtítulo: Luta na baía Hera - uma armadilha é ativada.
Personagens principais: Karwen Say, Eidre Darr, Atlan, Quagon-Tarmor, Bela, Kavin Cage.
Lançamento original na Alemanha: 20 de setembro de 1988.

Perry Rhodan nº 1414, "A Última Partida" (Der letzte Aufbruch), de K. H. Scheer,  capa de Johnny Bruck.
Subtítulo: Ele ousa tudo - ele quer conquistar a barreira de Cronopulsos.
Personagens principais: Atlan, Ratber Tostan, Posy Poos, Ali Ben Mahur, Juri Katschenko, Aaron, Cynta Laszlo, Rodnina Kosnatrowa.
Lançamento original na Alemanha: 27 de setembro de 1988.

Romance Planetário nº 44(14), "Missão em Andrômeda" (Mission in Andromeda), de H. G. Ewers, capa de Johnny Bruck.
Subtítulo: Ele é o Guardião da Luz - e a Nave da Eternidade o leva através das estrelas.
Lançamento original na Alemanha: 1967.
Relacionado com o episódio 295 da série Perry Rhodan.

Na cota 23:
3ª temporada, ciclo "O Enigma Galáctico" (Das galaktische Rätsel)
Perry Rhodan NEO nº 23, "Refúgio Atlântida" (Zuflucht Atlantis), de Christian Montillon, capa de Dirk Schulz e Horst Gotta.
Personagens principais: Crest da Zoltral, Tatiana Michalovna, Trker-Hon, Demeira on Thanos, Tarts de Telomar, Feltif de Khemrol, D'ihra.
Lançamento original na Alemanha: 3 de agosto de 2012.

Cota 24:
Perry Rhodan NEO nº 24, "Mundo da Eternidade" (Welt der Ewigkeit), de Frank Borsch, capa de Dirk Schulz e Horst Gotta.
Personagens principais: Crest da Zoltral, Perry Rhodan, Chaktor, Quiniu Soptor, Homunk, Carfesch, AQUILO.
Lançamento original na Alemanha: 17 de agosto de 2012.

Os integrantes do Projeto Traduções que estiverem quites com as respectivas cotas, podem baixar os livros no link abaixo.

http://www.projtrad.org/index.php?option=com_phocadownload&view=category&id=201:projeto-traducoes-2&Itemid=236

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Perry Rhodan Stardust nº 8


No dia 26 de setembro, será lançado o oitavo volume da minissérie Perry Rhodan Stardust, "A Colheita de Anthur" (Die Anthurs Ernte), de Andreas Suchanek, capa de Arndt Drechsler.

Personagens principais:
Perry Rhodan - O terrano retorna das profundezas do passado.
Eritrea Kush - A almirante teme o pior para a União Stardust.
Posimon - A pequena positrônica se preocupa com seus componentes orgânicos.
Anthur - A "mão" de Generex segue o grande plano.
Gorsten Resnac - O impulsionador de Horatio luta por sua vida.
Vermis X. Horatio - O patriarca luta por suas posses e bens.

Em maio de 1513 do Novo Calendário Galáctico, Perry Rhodan embarca em uma missão diplomática: utilizando a técnica exótica do sistema Polyport ele viaja para a distante galáxia Anthuresta. Lá, ele visita os descendentes daqueles que certa vez, emigraram para o sistema Stardust.

Os terranos de Stardust, como se chamam as pessoas de Anthuresta, já construíram um pequeno império estelar. Suas naves espaciais exploram a área cincundante, seus representantes entram em contato com povos estranhos. Lá, se desenvolve uma nova humanidade, com suas próprias visões e sonhos, a uma distância aparentemente incrível.

O que começou como uma missão de rotina, rapidamente se transforma em uma viagem perigosa. Perry Rhodan aprende mais sobre a evolução social dos últimos anos, e ele deve perceber que desperta uma ameaça do passado.

Só Perry Rhodan e um punhado de ajudantes enfrentam o desaparecimento da União Stardust. Depois de uma viagem através do tempo, que os leva 180.000 anos para o passado, Rhodan e seus amigos finalmente sabem mais sobre a hegemonia de Pahl.

No entanto, antes que eles possam agir, experimentam A COLHEITA DE ANTHUR...

http://perry-rhodan.net/band-8-die-anthurs-ernte.html

quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Lançamento da semana


Na próxima sexta-feira será lançado o nº 2769 da série Perry Rhodan, "O Comando Sangue de Dragão" (Das Drachenblut-Kommando), de Rainer Castor, capa de Dirk Schultz, ilustração de Dirk Schulz e Horst Gotta.
Subtítulo: Naves da USO indo para a batalha - equipadas com uma nova arma.
Personagens principais:
Monkey - O oxtornense elabora um plano arriscado.
Poraan - O posbi está empenhado no Comando Sangue de Dragão.
Pao-Pathno - O confidente pessoal de Aar-tua-Athor també é sua ligação.
Koll-theim - O ecônida tenta uma tática de prevenção.
Toqoyd - O tesqire ainda fala a língua dos anjos.
38º ciclo: O Tribunal Atópico (Das Atopische Tribunal)


Desde que a humanidade está dividida no espaço, tem uma história atribulada: os terranos - como os membros da humanidade unida se chamam - há muito que já se aventuraram em ilhas estelares distantes. Perry Rhodan e seus companheiros sempre se encontram com civilizações de viajantes do espaço e na pista dos poderes cósmicos, que influenciam o que acontece no universo.

Agora se registra o ano 1517 do Novo Calendário Galáctico (NCG). A Via Láctea está em grande parte, sob a influência do Tribunal Atópico. Os juízes afirmam que só eles podem deter a conflagração universal, que de outra forma, inevitavelmente destruiria a galáxia.

Enquanto Perry Rhodan e os tripulantes da nave remota RAS TSCHUBAI tentam reunir informações importantes sobre os atópicos na distante galáxia Larhatoon, na Via Láctea a luta entra em uma nova fase. E enquanto os onryonenses - os auxiliares dos atópicos - ganham cada vez mais influência na galáxia da humanidade, a resistência está reunindo suas forças.

Uma decisão importante para a luta, será tomada em breve: e vai para O COMANDO SANGUE DE DRAGÃO...

http://perry-rhodan.net/band-2769-das-drachenblut-kommando.html

terça-feira, 9 de setembro de 2014

Perry Rhodan Stardust nº 7


No próximo dia 12 será lançado o 7º volume da minissérie Perry Rhodan Stardust, "A Hegemonia de Pahl" (Die Pahl-Hegemonie), de Rüdiger Shäfer, capa de Arndt Drechsler.

Subtítulo: Há 180.000 anos - o desaparecimento de um aglomerado globular.

Personagens principais:
Perry Rhodan - O terrano segue seu instinto.
Eritrea Kush - A almirante tem uma visão diferente.
Kerat Tinga - O jaranoc desempenha a diplomacia.
Dar Togas - O rebelde conta a história de Generex.
Las Quar - O herói de guerra torna-se um tirano.

O ano é 1513 do Novo Calendário Galáctico: na distante galáxia Anthuresta há um novo império estelar, onde os humanos se acumulam ao redor do sistema Stardust. Com suas naves espaciais, eles exploram o ambiente cósmico. Uma nova humanidade com suas visões próprias, se desenvolve há uma distância aparentemente incrível.

Quando Perry Rhodan viaja em uma missão diplomática, ao sistema Stardust, ele testemunha um desenvolvimento nefasto. Um inimigo desconhecido aparece, as chamadas naves amebas, que destroem espaçonaves e atacam mundos habitados.

Rhodan age imediatamente: ele entra em uma das misteriosas cidades intangíveis, e desta forma quer avançar para a superinteligência TALIN - mas então ele é preso, tem de lutar pela sobrevivência, e é salvo inesperadamente. Seu salvador é Timber F. Whistler, anteriormente um homem e uma criatura com uma experiência cósmica.

Para fazer uma resistência determinada ao adversário, Rhodan precisa de mais informações. Ele embarca em uma jornada arriscada - e fica preso nas profundezas do passado, na galáxia Anthuresta. Lá ele aprende mais sobre A HEGEMONIA DE PAHL...

http://perry-rhodan.net/band-7-die-pahl-hegemonie.html